quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Candidatos a próxima estrela automotiva de Hollywood.

A cada ano, o L. A. Design Challenge  traz uma proposta diferente para os participantes. Em 2011, o comitê organizador do desafio californiano de designers propôs que fossem criados carros de filme. Os conceitos automotivos deveriam refletir sua relação com a trama, ter um caráter próprio e ser parte fundamental da trama. (VEJA OS CARROS CONCEITOS)
 Este ano, seis construtores de renome se inscreveram. O júri era liderado por Jay Shuster, director artístico da Pixar Animation Studios, foi ele o responsável pelo filme "Carros" e pela sequência "Carros 2". Participaram Hyundai, Smart, Maybach, Mercedes-Benz, Subaru e Honda. Veja abaixo as inusitadas propostas de cada um. Quem sabe em breve não estão nos cinemas - ou, que sabe, nas ruas?
Carro: Honda IH
Filme: High Noon (Matar ou morrer)
Mesclando tecnologia futurista e elementos com inspiração retrô, o Honda Intelligent Horse não tem rodas, as quais foram substituiódas por uma série de cascos, como os que os cavalos têm. 
A trama se passa daqui a a centenas de anos, em um mundo agonizante após o choque de um meteoro. Os poucos cientistas que sobreviveram, criaram um veículo capaz de suportar as duras condições de calor e seca, e eles se inspiraram em uma criatura que já estava extinta: o cavalo. O modelo incorpora peças estruturais inspirados no esqueleto dos equinos. Ainda foram incorporados materiais como o coro e o IH foi dotado de inteligência artificial. 
O IH é a montarial fiel de um homem que enfrenta constantes batalhas para sobreviver em um ambiente inóspito e solitário que se assemelha ao Velho Oeste. É uma obra da imaginação da Honda RDA Inc.
Auto: Mercedes-Benz Silver Arrow
Filme: Silver Ligthning
O carro foi inspirado no bólido de corridas SLR, ele é o carro dos personagens Hans05 e Franz02, que são bonecos de crash test que criaram vida. Os heróis do filme percebem que serão usados em um crash test massivo e destrutivo criado pelo antagonista Dr. Crash Barrier. Momentos antes do teste, os protagonistas escapam a bordo do Mercedes-Benz Silver Arrow.
Durante a perseguição, Hans05 y Franz02 viajam a bordo da Flecha Prateada e, durante a viagem no passado e futuro, eles passam por mais de 125 anos de história da Mercedes-Benz.
O Silver Arrow foi creado pelo Mercedes-Benz Research and Development North America e pelo  Advanced Design Center na California.
Carro: Subaru Horizon
Filme: Divided
Passarados 200 anos que a Terra parou de girar, um dos hemisférios, o Nightsphere, ficou em total escuridão, enquanto o outro, Daysphere, ficou à mercê dos raios solares. Os seres humanos vivem em megacidades no Nightsphere, se adaptaram bem à escuridão e obtêm energia a partir de um mineral cristalino, mas o uso desmedido do mineral gerou sua escassez. A falta do mineral fez com que eles tivessem que incursionar ao lado claro do planeta. Para a expedição, a Subaru criou o Horizon, capaz de levar três pessoas.
O Subaru pode suportar as difíceis condições do Daysphere, os desequilíbrios químicos e os fortes raios UV.
O Horizon é uma criação do Subaru Advanced Design Studio.
 Carro: Maybach Berline Carriage
Filme: Cinderela
Essa reinterpretação do filme "Cinderela" de 1967 traz modificações à trama: é o aniversário de Cinderela e o pai dela, um engenheiro que cria carruagens, permite que ela saia para passear na sua criação mais nova: o Berline Carriage. No passeio, Cinderela conhece um galã e o convida a passear com ela, no veículo de condução automática através de conexão por satélite.
O interior do Maybach é simples e luxuoso, adornado com pequenos bonsais. Na parte frontal, há uma enorme tela de cristal onde um projetor lança imagens em 3d que podem simular um chofer ou qualquer paisagem que se deseje. O desenho do Maybach Berline lembra o da carruagem de abóbora do conto original.
 Carro: Hyundai Stratus Sprinter MPV
Filme: Countess of Siberia
A trama começa com o nascimento da Condessa de Sibéria em 1829. Filha de pais vampiros, por isso ela nunca envelhece. Ela foi espiã soviética na Segunda Guerra Mundial e, ao final desta, seguiu com a missão de abolir os efeitos negativos do comunismo. A Condessa tinha dois veículos Hyundai para uso pessoal. Um deles era o Stratus Sprinter, capaz de circular pelos caminhos mais áridos e complicadosor los caminos más agrestes y complicados. Se o caminho acabasse ou houvesse perigo maior, surgia o segundo veículo, um dirigível chamado Atlant.
Os dois veículos são obra da Hyundai Design North America.
 Carro: Smart 341 Parkour
Filme: Annie get the Grannies
Este veículo é de propriedade da Annie Angle, que, ajudada por seu Smart, descobre uma história que lhe dará luz própria no mundo dos jornais.
O Smart 341 Parkour oferece a Annie três modalidades de direção: modo normal circulando pelas ruas, ourto que permite escalar paredes verticais, e um último modo que permite que o carro voe. No voo, o 341 Parkour localiza lugares onde a jornalista pode estacionar o carro. Com um movimento exótico, ele consegue ser estacionado em pequenos espaços, pois ele pode rodar e se acomodar sobre seu eixo dianteiro. 
 Fonte: Alejandro Konstantonis/AutoCosmos-México/MotorDream/MotorZine

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Outras Matérias:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...