domingo, 20 de novembro de 2011

Lamborghini Aventador chega ao Brasil.

Superesportivo conta com motor V12 de 700 cavalos. A Lamborghini apresentou de forma oficial ao mercado brasileiro o Aventador, revelado ao público no Salão de Genebra. O superesportivo será importado pelo grupo Via Itália, que também representa a Ferrari, Maserati e, mais recentemente, a Rolls-Royce.
A marca italiana reuniu convidados em uma festa de gala no aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, que contou com o CEO da Lamborghini, Stephan Winkelmann, e com o presidente da Via Itália, Chico Longo.
Equipado com motor 6.5 V12 de incríveis 700 cv de potência e 69 mkgf de torque a 5.500 rpm, acoplado a uma caixa de câmbio automática de sete velocidades e tração integral, o Aventador LP 700-4 acelera de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos e atinge velocidade máxima de 350 km/h, de acordo com a Lamborghini.

O superesportivo esbanja luxo e tecnologia. Com chassis em monobloco de fibra de carbono e suspensão derivada da F-1, o modelo pesa apenas 1.575 kg e tem uma relação peso/potência de 2,25 kg por cavalo.
Por fora, o Aventador, nome de uma espécie de touro espanhol, foi inspirado em elementos da aeronáutica. Detalhes dos conceitos Revénton e Sesto Elemento também estão presentes no esportivo. Spoiler dianteiro, difusor e aerofólio traseiro, controlado eletronicamente, e saias laterais ressaltam a preocupação com a aerodinâmica.
Entre os itens tecnológicos e luxuosos, o Aventador conta com uma tela LCD para os comandos multimídia, controle eletrônico com cinco modos de condução, seis airbags, ar-condicionado automático com sensor de luz solar, freios com disco de cerâmica, entre outros.


“Para a Lamborghini, o Brasil é um mercado novo no qual acreditamos muito. Prevemos que as vendas neste país deverão dobrar em relação a 2010”, afirmou Winkelmann, que afirmou que já foram vendidas sete unidades do Aventador para o país. Os modelos serão entregues até o final do mês. “Em todo o mundo, os pedidos já atingiram 18 meses de produção”, disse.

Em relação ao preço, o grupo Via Itália ainda não definiu qual será o valor final. Winkelmann ressaltou que o Aventador deve custar cerca de US$ 1,5 milhão, sem o repasse da alta do IPI, que passa a valer em dezembro.  
Fonte: 4Rodas/Bruno Roberti

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Outras Matérias:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...