quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Subaru não constrói fábrica na China e ações crescem no Japão.

Subaru não constrói fábrica na China e ações crescem no Japão Marca se livra da rejeição dos consumidores japoneses e tem alta na bolsa de valores de Tóquio. A Subaru tornou-se a queridinha do Japão por algo que não conseguiu fazer: construir uma fábrica na China. Única das principais marcas japonesas que não possui uma unidade no maior mercado do mundo, a fabricante, que pertence à Fuji Heavy Industries, provocou alta de 83% nas ações da proprietária na bolsa de valores de Tóquio.
A menor presença no mercado chinês ajudou a proteger a empresa da rejeição dos consumidores japoneses, provocada por uma disputa acirrada entre as duas maiores economias da Ásia.
Mesmo com o resultado positivo, o CEO da Fuji Heavy não comemorou e lamentou a dificuldade enfrentada na venda de carros na China. No entanto, não mostrou-se preocupado, garantindo que a comercialização no mercado chinês pode ser substituída com a produção de veículos para os Estados Unidos e o próprio Japão. O aumento das vendas nos dois países fez com que a Subaru aumentasse a previsão de lucro em 40%. Ao mesmo tempo, marcas presentes na China, como Honda e Nissan, cortaram os prognósticos em um quinto.

Fonte: Michael Figueredo/MotorDream

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Outras Matérias:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...