quarta-feira, 13 de março de 2013

Setor de motocicletas segue em queda livre.

Setor de motocicletas segue em queda livreNo segundo mês de 2013, setor de motos cai na produção e nas vendas no varejo. O mercado de motocicletas no Brasil vive um período nebuloso. Desde o fim do ano passado o segmento registra contínuas quedas. E 2013 não está sendo diferente. Depois de um janeiro no buraco, o segundo mês do ano também não foi promissor.(VEJA MAIS)
A fabricação de motocicletas registrou recuo de 3%, totalizando 123.338 contra 127.209 unidades no mês anterior. O motivo da sequência baixa dos números é mais uma vez a restrição ao financiamento, segundo a Abraciclo.
No comparativo com fevereiro do ano passado, a produção apresentou queda de 19,4%, passando de 153.113 para 123.338 unidades, em 2013.  As vendas no atacado, também registraram redução de 18,6%, com 121.236 contra 149.029 unidades. No acumulado de janeiro e fevereiro, foram produzidas 250.547 motocicletas, correspondendo a uma retração de 24,1% sobre os dois primeiros meses de 2012.

As quedas da produção e da venda no atacado refletem o ritmo das vendas no varejo. Os emplacamentos de fevereiro também sofreram redução, quando comparados os anos de 2012 e 2013. No mês de fevereiro do ano passado, foram licenciadas 134.616 motocicletas ante 101.890 deste ano, o que representa um volume 24,3% menor. Com relação ao acumulado do ano, os licenciamentos retraíram 17,5%, passando de 276.835 unidades, em 2012, para 228.313 unidades, em 2013.
FONTE: Raphael Panaro/MotorDream

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Outras Matérias:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...