quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Peugeot 208 para o Salão de SP.

25097A Peugeot preparou dois conceitos derivados do Peugeot 208 para apresentar no Salão de São Paulo que inicia dia 30 de outubro, semana que vem. Um deles é o 208 Urb, que tem como foco promover a mobilidade urbana através de mais que um meio de transporte. (VEJA FOTOS E +)No caso, o carro utiliza uma bicicleta elétrica Peugeot AE21, carregada em um rack no teto, justamente para servir de alternativa em caso de trânsito intenso. Este modelo de bicicleta vem personalizado e com suporte para bolsa de laptop, motor elétrico instalado na roda dianteira e trava antifurto.

25095Falando um pouco do carro e não da bicicleta, o Peugeot 208 Urb é baseado na versão Griffe 1.6 BVA (AT) Flex de 122 cv, e vem com multimídia touchscreen, navegador GPS, além de LEDs diurnos, faróis de neblina, sensor de estacionamento, trio elétrico, ar condicionado dual zone, direção elétrica, teto panorâmico, piloto automático, volante em couro, entre outros.
O outro conceito chama-se Peugeot 208 Natural, resultado de uma parceria com a empresa brasileira fabricante de aeronaves, a Embraer, a fim de comemorar os 15 anos do Poço de Carbono Peugeot ONF – projeto de reflorestamento de 10 mil hectares da floreta amazônica na Fazenda São Nicolau, localizada no norte do Mato Grosso.
Desenvolvido 100% no Brasil, o Peugeot 208 Natural, foi criado pelo Centro de Estilo da PSA em Porto Real/RJ e utiliza materiais recicláveis de origem natural, desenvolvidos pela brasileira Embraer e por parceiros instalados no país. São vários tipos de materiais verdes que ajudam a reduzir o peso do Peugeot 208 Natural em 68kg. Baseado na versão Active 1.5 Flex, o conceito apresenta os seguintes diferenciais:
• Kit aerodinâmico (maçanetas, capas dos retrovisores e embelezador do para-choque
traseiro) em fibra de carbono reciclada a partir de peças da indústria aeronáutica;
• Aplicação de tinta mineral à base de terra;
• Elementos decorativos do teto produzidos em lâmina de pedra;
• Rodas de 17 polegadas com tratamento de proteção superficial típico da indústria
aeronáutica chamado conversão química “alodine”;
• Monograma “208” e maçanetas internas das portas produzidos a partir de titânio reciclado;
• Monograma “Natural” em bambu;
• Bancos em couro bovino natural com taninos vegetais e aplicações decorativas em couro de Pirarucu de manejo sustentável, elemento também aplicado no painel de instrumentos e nos apoios de braços das portas;
• Detalhes do volante, do freio de mão e da alavanca de câmbio com revestimento de pele de Salmão;
• Revestimento do teto e de parte do painel de instrumentos em cortiça;
• Partes principais do kit de bancos em feltro;
• Para-sol em jornal reciclado, produzido por grupo de artesãos membros de uma rede de inserção social;
• Tapete do porta-malas produzido com laminado de pneus reciclados;
• Tapetes personalizados, produzidos em material que mistura silicone e cortiça, couro bovino natural e laminado de bambu tingido;
• Cristais de pedra dentro do painel de instrumentos e no monograma “Natural”.
FONTE: AUTOMANIACOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Outras Matérias:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...